Oficina Filmar Para Conhecer de 25 a 30 Set. no Centro InterculturaCidade | Festival Silêncio 2017

Cartaz - Filmar para conhecer p5 CIC

As inscrições para a oficina de iniciação ao cinema “Filmar para Conhecer”, orientada pelos Filhos Lumiere, encontram-se abertas até ao próximo dia 21 de Setembro.

A oficina acontece entre os dias 25 e 30 de Setembro, das 16h30 às 19h30, e é de acesso livre. Para participar é necessário preencher a ficha de inscrição (http://docdro.id/MtBBqGs) e enviar para o e-mail filhos.lumiere@gmail.com

A oficina tem como ponto de partida a visualização e análise de filmes curtos e excertos de filmes, assim como a descoberta de textos de Maria Gabriela Llansol. De forma a dar a descobrir a linguagem do cinema e o sabor da criação cinematográfica, os participantes deixaram o estúdio para explorar o bairro e nele os lugares de eleição de cada um, com vista a escrever, filmar e montar uma curta metragem que resulte do imaginário pensado em conjunto.

A apresentação das curtas-metragens acontecem no dia 1 de Outubro, às 18h30, na Rua da Boavista 9.

Anúncios

Educação, Cultura e Cidadania: O Plano Nacional de Educação – Uma Experiência Brasileira, 13 Setembro às 19h

Mesa-Redonda com:

Diogo Leão
Deputado nacional e municipal, membro das Comissões de Educação do Parlamento Português e da Assembleia Municipal de Lisboa.

Fred Maia
Assessor do ex-ministro brasileiro da Cultura Juca Ferreira.

Octavio Camargo
Professor da Escola de Música e Belas Artes do Paraná EMBAP/UNESPAR.

Será apresentado também um depoimento  em vídeo de Ângelo Vanhoni, Relator do Plano Nacional de Educação do Brasil, gravado expressamente para esta mesa-redonda.

Entrada livre

 

“À Beira Do”, por Christiane de Macedo no Auditório Costa da Caparica

9 Setembro, sábado, 21h30
Local: Auditório Costa da Caparica

Praça da Liberdade 17-A, Centro Comercial O Pescador, 1º andar, 2825-355 Costa da Caparica

A peça de Christiane de Macedo, inspirada no universo de Clarice  Lispector,  é um desfile de 14 cenas. Nelas, a atriz revela estados diferentes de humor, e formas variadas de contar estórias de sua memória, de forma acessível e divertida.
Em cada um desses momentos estão reveladas as pessoas da vida de todos nós: a mãe, a tia, as irmãs, os amores, os amigos…
Na peça há momentos de reflexão sobre o mundo em que vivemos e as relações íntimas que travamos em nosso caminho.
O espetáculo tem a intenção de aproximar e tornar cúmplice palco e platéia.
Ali, como em uma colcha de retalhos, a atriz dá dicas de “como se beber socialmente”, “como se sente uma mulher que faz dieta para se tornar mais sedutora”, “o que espera do amor”, e ainda “como se dança em segredo” entre outras cenas de uma intimidade compartilhada sem pudores ou segredos. Sem critica, mas como um depoimento que se revelado entre amigos! Uma mulher comum que observa o mundo que a rodeia.
Estreia do primeiro espetáculo da atriz Christiane de Macedo como diretora e atriz.

Ficha técnica:
Texto e direção: Christiane de Macedo
Atriz: Christiane de Macedo
Tradução em libras e operação de som: Chiris Gomes
Sonoplastia: Christiane de Macedo
Cenário: Marcelo Scalzo
Figurinista: Ana Luiza Domicent
Produção: Bia Reiner

Bilhetes: 7,5€ público em geral
(5€ para os sócios da Gandaia)