Noite Africana com Remna Schwarz, 23 SET. [sexta-feira]

Uma estreia no Centro InterCulturaCidade, que muito nos honra e que recomendamos vivamente!

De origem guineense mas desde criança um verdadeiro “trotamundos”, Remna Schwarz é já um nome incontornável da nova geração de músicos africanos lusófonos e não só. Radicado em França durante alguns anos, ali venceu em 2003 o prémio “Défi-Jeunes”, que lhe abriu as portas do prestigiado festival “Printemps de Bourges”.  Exímio guitarrista, dotado de uma voz poderosa e de timbre peculiar, na sua música cruzam-se influências e matrizes várias, da raiz africana tradicional às novas músicas urbanas e mestiças europeias e à referência músico-filosófica do Reggae.
É filho do mítico e malogrado José Carlos Schwarz, o “Zeca Afonso da Guiné-Bissau”, considerado o “pai” da nova música guineense, que foi guerrilheiro do PAIGC na luta de libertação daquela ex-colónia portuguesa e cujas canções, algumas das quais Remna hoje recria de forma surpreendente, estão ainda hoje na boca e no coração dos artistas e do povo  guineense.

PROGRAMA:
20:30 – *Jantar *

Entrada: Bogés
Prato: Cachupa
Sobremesa: Mousse de manga

 22:00 – Concerto com Remna Schwarz
Voz e guitarra

*Sujeito a inscrição prévia por e-mail ou telefone com 24 horas de antecedência.*
[Contribuição solidária de 15 Interculturas:  jantar + bebida e concerto]

[Contribuição solidária de 5 Interculturas: acesso apenas ao concerto, com oferta de 1 bebida]

INSCRIÇÕES:
E-mail: info.interculturacidade@gmail.com
Tel.: 21 820 76 57 [ de 2ª a 6ª feira, entre as 15h e as 20h]

Guardar

O Burkini em debate, e jantar/concerto com Filipe Santo, 22 SET [quinta-feira]

burkini-cabellmon-720x340

A proibição do burkini em algumas praias francesas nos últimos meses despoletou uma acesa polémica à escala europeia e internacional sobre as relações entre os estados laicos e as comunidades muçulmanas residentes nesses mesmos estados. Atento à questão, o Centro InterCulturaCidade acolhe a mesa-redonda “É Proibido Proibir a Proibição? Burkas, Burkinis e Quejandos”.

No final do debate (ou muito possivelmente para o continuar….) haverá ainda um Jantar Tradicional Africano seguido de um pequeno concerto com Filipe Santo, que apresentará um repertório de canções populares de São Tomé e Príncipe (seu país natal) e de outros países lusófonos.

PROGRAMA:
19:00 – Debate: “É Proibido Proibir a Proibição? Burkas, Burkinis e Quejandos”
Coordenado por Joffre Justino (director pedagógico da EPAR), com a participação de Maria Magdala (presidente da Associação Comunidária), Ana Bela Pereira da Silva (ex-presidente da Associação Portuguesa de Mulheres Empresárias) e de vários convidados.
Mais informação na página do FaceBook:
https://www.facebook.com/events/1782337248722553/

20:30 – *Jantar*: Badjias de cebola e coentros, Cachupa e Mousse de manga.
22:00 – Concerto com Filipe Santo

*Sujeito a inscrição prévia por e-mail ou telefone com 24 horas de antecedência.*
Contribuição solidária de 15 Interculturas (jantar + bebida e concerto).

INSCRIÇÕES:
E-mail: info.interculturacidade@gmail.com
Tel.: 21 820 76 57 

 

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar